Faça uma cotação

PT

ES

EN

ATUALIZAÇÃO | Impacto na operação GRU e Greve dos Auditores Fiscais da RFB – 23/11

ATUALIZAÇÃO SOBRE A SITUAÇÃO NO AEROPORTO GRU

A situação continua alarmante; o acúmulo de cargas na pista só aumenta, e os atrasos nas entregas das cargas já ultrapassam mais de dez dias. A falta de funcionários para suprir a demanda, o aumento de demanda em decorrência do peak season e a greve da RFB, pioram a situação.

Nossos esforços

– Cargas que estão chegando essa semana estão sendo liberadas com maior agilidade – até 02 dias úteis, mas ainda não há um padrão para o tempo de liberação, há cargas que são recepcionadas/liberadas logo que chegam e outras precisam aguardar.

– A maior dificuldade nesse momento se concentra nas cargas que chegaram após o apagão do sistema nos dias 05 e 06 até a semana passada. Tivemos embarques que chegaram dia 08/11 e somente essa semana conseguimos liberar.

O espaço para Viracopos está começando a ficar escasso, por conta do direcionamento de cargas que deveriam ser encaminhadas para GRU, e a tendência é de aumento no nível dos fretes para VCP.

Unindo forças!

O SINDASP (Sindicato dos Despachantes Aduaneiros) protocolou um ofício na GRU AIRPORT, destacando 11 gargalos e mencionando a possibilidade de colapso nos serviços do terminal. O documento identificou problemas graves:

  • Atraso na atracação das mercadorias;
  • Armazenamento irregular na área de conferência, dificultando a conferência física;
  • Puxe de carga realizado pelo fiscal, sem disponibilização para conferência física;
  • Puxe de carga realizado pelo MAPA para inspeção da madeira, sem disponibilidade da carga;
  • Falta de resposta aos e-mails enviados para CCO e CAC;
  • Falta de atendimento na linha telefônica: (11) 2445-5000;
  • Falta de disponibilização de carga puxada para coleta, exemplo: carga do dia 10/11/2023 não coletada;
  • Fechamento de janelas para agendamento de coleta para transportadoras;
  • Falta de manutenção do sistema sem previsão de retorno;
  • Falta de organização, resultando em longas filas de veículos aguardando coleta de carga sem previsão;
  • Atrações incompletas de carga sem justificativas fundamentadas ou previsão de solução.

De acordo com o presidente do SINDASP, ele alerta que os serviços do GRU Airport ainda não entraram em colapso, mas exigem medidas rápidas e enérgicas para evitar esse desfecho.

Greve dos Auditores Fiscais da RFB

Alguns auditores fiscais da Receita Federal do Brasil (RFB) aderiram à greve no dia 20/11 para reivindicar o cumprimento do acordo salarial estabelecido em 2016.

No aeroporto de VCP, a mobilização está evidente, e alguns processos estão passando por alterações. Quanto às DTA’s, as recepções ocorrem nas segundas, quartas e sextas-feiras, apenas uma vez pela manhã, e as DIs serão liberadas exclusivamente nos dias úteis.

No Mato Grosso do Sul, a paralisação causou filas de caminhões e carretas em Corumbá, na fronteira entre Brasil e Bolívia. Devido à greve, a Receita Federal está mantendo a capacidade mínima para a liberação de cargas sensíveis, que incluem cargas perigosas, inflamáveis, perecíveis e medicamentos.

Continue acompanhando nossas atualizações sobre o tema.

Solicite uma cotação

Preencha o formulário abaixo. Em breve nossa equipe entrará em contato.